Roteiro Alemanha 2016


Disponibilizamos nossas pesquisas, e impressões de nossa estada em solo alemão no ano de 2016. Dividimos a nossa estadia na Alemanha em 4 etapas. O objetivo foi de efetivar estudos e pesquisas, de práticas usuais por descendentes de imigrantes daquela região e por outros oriundos de outras regiões da Alemanha, mas que adotaram estas práticas em solo brasileiro. (Ainda em construção)
Blumenau

Pomerode

Blumenau

Muito dos imigrantes que vieram para o Brasil, nos diversos recortes de tempo, são do norte do país - das regiões junto ao Báltico e mesmo usando muito da gastronomia de seus antepassados como: heringsbrotSchwarzsauerrollmops, Hackerpeter, Spätzle, também apreciam hábitos e costumes trocados com outros imigrantes que vieram para o Brasil originários do meio e do sul da Alemanha. Sul - região das montanhas. Geralmente, foram e são os imigrantes católicos que trouxeram  um leque de festividades que envolvem gastronomia, música e dança.
Em Rosenheim
Oportunizamos a lembrança de que a cultura  daqueles que usam o Lederhose e gamsbart (Calça de couro curta com tirantes e pincel) e Dirdl (Vestido característico do Sul da Alemanha) não pertencem à cultura regional daqueles que tem na mesa, iguarias a base de peixe como: heringsbrot e rollmops, por exemplo (Do norte - onde está o mar). Em nossa região e no Brasil, ainda há muitas pessoas que imaginam que a cultura de todas as regiões da Alemanha são semelhantes e todos comem Herings em algum prato, tal com o brasileiro come feijão e também aipim, ou tainha, dependendo a região.

Continuando...

A nossa viagem de estudos e pesquisas foi dividida em 4 partes - ou fixação em 4 sedes. São elas:
1 - Rosenheim
2 - Neuendetterlsau
3 - Stuttgart
4 - Rödelsee (Würzburg)
Cada uma das 4 cidades listadas acima, foi o centro e o QG de nossas movimentações em solo alemão no ano de 2016 - Fizemos postagens direto de cada  uma delas, quase em tempo real, com apresentações e pesquisas, e também após chegarmos ao Brasil. O plano foi levemente modificado, após contatos com pessoas que nos receberam na Alemanha - após pré programa. No primeiro plano - após a cidade de Frankfurt, seria a parada na cidade de Neuendettelsau - Cidade na qual está sediada a Revista Weltruf. Dr. Betz, seu editor, sugeriu que ampliássemos nosso tempo em sua cidade, pois nos mostrou um pouco sobre o restauro e mesmo, sobre o enxaimel, em sua região - Francônia
Brasão
Ficou determinado e assim aconteceu, a 1º parada foi em Rosenheim, a partir da qual, visitaremos algumas cidades, festas, museus, bandas  de blasmusik, ... Antes de chegar a Rosemheim, fizemos uma breve parada na cidade de Miltenberg e na Vila de Mechenhard - distrito de Erlenbach. Vistamos família amiga e dormimos uma noite em  Erlenbach antes de seguirmos viagem para a grande primeira parada: Rosenheim.
Apresentamos e aprendemos um pouco sobre Rosenheim que é uma cidade da Alemanha, muito próxima da divisa com a Áustria. É uma cidade independente (Kreisfreie Städte) e também um Distrito Urbano (Stadtkreis).
Na cidade - conhecemos alguns músicos do grupo  Blaskapelle Großkarolinenfeld. 
Paticipamos da Festa Musikwoche Kiefersfelden, na qual o grupo musical Blaskapelle Großkarolinenfeld tocou. Acompanhamos Sr. Karl Beinhofer - lider do grupo e sua esposa, Sra. Claudia Rosa Beinhofer.  A cidade de  Kiefersfeld é distrito de Rosenheim.
Blaskapelle Großkarolinenfeld
Kiefersfeld - Baviera (Bayern)


Rosenheim é uma cidade independente que está localizada no centro do distrito de Rosenheim, sendo também a sede administrativa da região. Sua localização geográfica está às margens oeste do rio Inn, na confluência dos rios Inn e Mangfall. Está há 450 metros acima do nível do mar e dista 52 Km de München. Tem mais de 61 mil habitantes e é a terceira maior cidade da Alta Baviera, sendo um dos 23 centros administrativos do Estado.
Confluência entre os rios Inn Mangfall






















Sua história tem ligação com a presença das rotas comerciais. Sua localização está naintersecção de rotas comerciais - estas responsáveis pelo surgimento das cidades e de novas classes sociais além da nobreza e da igreja - após o período medieval. Sua vocação mudou no decorrer dos períodos históricos - várias vezes, desde a cidade do mercado, depois para cidade ferroviária, cidade da madeira, do sal e atualmente, como cidade universitária.
Cópia do busto de Druso e Tibério













Os romanos, liderados por  Tibério e seu filho Druso, chegaram ao local no ano 15 AC. Fundaram duas povoações - à direita do Rio Inn fundaram a povoação de Noricum e ao oeste, a povoação de Rhatia. Com o passar do tempo foram construídas duas estradas - que tornaram importantes rotas comerciais. A intersecção destas duas rotas comerciais foi protegido por uma estação militar que se chamava Pons Aeni. O nome atual não tem uma história muito clara sobre sua origem. É mencionado pela primeira vez no ano de1234


Pedra memorial na antiga passagem próximo a Rosenheim (Pons Aeni)
Castelo Rosenheim está localizado na margem oriental do Rio Inn, o local atualmente é conhecido como colina do castelo - com vista para nova ponte sobre o rio  Inn
Schloss Rosenheim - 1701
As cidades que passaram pela idade média - tinha em seu espaço -  a edificação onde residia o Senhor Feudal localizada no ponto mais alto e mai seguro da cidade - característica muito clara nesta antiga gravura da cidade de Rosenheim
Quanto a origem do nome da cidade - Rosenheim - há  várias especulações sem a certeza de nenhuma. Há especulações sobre sua origem ter ligação com o emblema Roseheim Rose da Wasserburge(cidade que pretendemos, também visitar) que construiu o Castelo

Também há quem afirme que o nome da cidade  é originário do nome Rosns derivado dos corcéis Rössern que foram usados nos tempos medievais para puxar os navios de transporte de rio, e os quais tinham grandes estábulos na cidade. Atualmente ainda tem os nomes das ruas Am Esbaum (árvores em que os cavalos estavam pastando), ou ainda, Rossacker - possíveis indicações.
Am Esbaum - Rosenheim

Também há a versão, onde o nome é relacionado com o pântano existente no arredores de Rosenheim, conhecido como Roze oder Ried, ou ainda inspirado no nome da cidade vizinha - Rosemheim Kolbermoor
Rosenheim - /1860 - Fonte: en.wiki2.org

A hipótese mais bonita, e contada há muito tempo - Diz que Rose era usado como o significado de "Menina bonita". Os Marinheiros gostavam de cantarolar a "Casa da Rose", ou seja - Rosenheim.
Na época do mencionado castelo de Rosenheim - ano de 1234. Havia uma acordo entre o transporte de barcos no Rio Inn. A região em torno da ponte sobre o rio não se desenvolveu logo, porque o terreno era muito pantanoso - pela  proximidade do local à foz do Rio Mangfall, e sua centralidade se desenvolveu longe da margem do rio.
Seu desenvolvimento a partir do século XIX deve-se muito à presença do sal. Após, a cidade se desenvolveu mais ainda, quando fez parte do sistema ferroviário da Baviera. Sua estação ferroviária foi inaugurada em 1858, quando a Colônia Blumenau completava 8 anos e também alimentava o plano de construir uma ferrovia. 
O momento da inauguração - Porta para o mundo, afirmavam seus contemporâneos


Ficamos hospedados na mesma
 edificação desta cervejaria
Um dado curioso é que no início do século XX a cidade tinha 9 cervejarias, algumas destas ainda são preservadas  em nome de restaurantes como por exemplo: Pernloher, Duschl, Hof, Stern, Weissbräu.
2° Guerra Mundial também não poupou Rosenheim. Em novembro de 1943 haviam abrigos para somente  650 pessoas diante de uma população de 22 mil habitantes. Em 1944, o número de abrigos aumentou com mais 6400 pessoas, somando a outros nas proximidades, a capacidade para abrigar,o subiu para 10525 pessoas.A cidade sofreu 14 ataques de bombas, morrendo 201 pessoas e deixando 179 feridos.  Sendo Rosenheim importante quanto aos transportes entre Munique, Salzburg e Innsbruck, sua estação ferroviárias e vias férreas foram atingidas porbombardeios aéreo.
A cidade se recuperou do trauma da guerra e atualmente seus espaços resgatados são tranquilos, como está muito bem ilustrado no vídeo a seguir.


Estivemos hospedados junto a praça Max-Josef, e deste ponto exploramos outros locais na região, entre estes - Munique, Alpes e Berchtesgaden. Participamos de uma festa que foi abrilhantada pelo conjunto de Blasmusik, coordenado pelo Sr. Karl Beinhofer - Blaskapelle Großkarolinenfeld. A banda já esteve em Blumenau e se apresentou no Oktoberfest Blumenau e também no C.C. 25 de Julho de Blumenau, quando nós efetuamos os registros de uma de suas apresentações - abaixo.

Queremos disponibilizar todos os registros que fizemos neste Roteiro Alemanha 2016, de maneira a facilitar o acesso a nossas pesquisas e percepções.
Para isto - escolha o link e Clique sobre ele que abrirá a postagem escolhida.

Boa leitura.











































































Para ler - escolher um título e Clicar sobre o mesmo.
  1. Momentos do Musikwoche Kiefersfelden - Rosenheim
  2. O Som do órgão da Igreja St. Jacob de Miltenberg
  3. Momentos em Miltenberg e um pouco sobre esta cidade
  4. Erlenbach - Conhecendo Spiel Boule - Roteiro Alemanha
  5. Momentos em Berchtesgaden - Roteiro Alemanha 2016
  6. Momentos da Frühlingsfest - Großkarolinenfeld
  7. Momentos em Neuendettelsau 1 - Kirche St. Nikolai 
  8. Momentos em München - Roteiro Alemanha 2016
  9. Momentos em Neuendettelsau 2 - Fränkische Freilandmuseum Bad Windsheim - Roteiro Alemanha 2016
  10. Momentos em Neuendettelsau 3 - Mission Eine Welt
  11. Enxaimel e História em Dinkelsbühl - Roteiro Alemanha 2016
  12. Dinkelsbühl - Site
  13. "Restauro" de um Enxaimel - Museu Kinderzeche Dinkelsbühl - "Kinderzeche" - Zeughaus
  14. Restauro Enxaimel - Fachwerk - Iphofen - Unterfrankem Baviera - 
  15. Siegsdorf e Inzell - Pelos caminhos da Alemanha
  16. Igreja Sankt Peter - Müchen - Roteiro Alemanha - 2016
  17. Neues Rathaus München - Roteiro Alemanha 2016
  18. Hofbräuhaus - München - Roteiro Alemanha 2016
  19. Estátua Bavária - Roteiro Alemanha 2016
  20. Montanha Watzmann - Lenda da Família real - Berchtesgaden - 
  21. Análise de uma tipologia enxaimel do século XIV - Alemanha 
  22. Stuttgart - Roteiro Alemanha 2016
  23. Schlossplatz Stuttgart - Roteiro Alemanha 2016
  24. Königstrasse - Stuttgart - Roteiro Alemanha 2016
  25. Höhenpark Killesberg - Stuttgart - Roteiro Alemanha 2016
  26. Schloss Hohenzollern - Baden Württemberg - Roteiro Alemanha 2016
  27. Limes - Lorch - Roteiro Alemanha 2016
  28. Kloster Lorch - Roteiro Alemanha 2016
  29. Fachwerk - enxaimel - em Schorndorf - Baden - Württemberg - 
  30. Winterbach im Remstal - A terra dos antepassados 
  31. Kirchheim unter Teck - A terra dos antepassados
  32. Caminho para Unterfranken - Rödelsee
  33. Chegada e 1° Dia em Rödelsee
  34. Uma volta em Rödelsee e Fröshtockheim
  35. Iphofen
  36. Großlangheim - Wasserschloss
  37. Würzburg
  38. Kitzingen
  39. Stammtisch na sede do Winzerkapelle Rödelsee



Nenhum comentário:

Postar um comentário