segunda-feira, 30 de novembro de 2015

domingo, 29 de novembro de 2015

Weltruf - N°2 - Espaço para cultura, economia e história de alemães e descendentes fora da Alemanha

Revista Weltruf n° 2  - 2015 - Zeitschrift für Kultur, Wirtschaft und Geschichte Deutcher im Ausland.
A revista Weltruf é uma publicação alemã e está apresentando sua segunda  2° publicação, cujas páginas são completadas com assuntos relacionados à cultura, economia e história da língua alemã no exterior - da Alemanha.

Para ler mais sobre a revista - Clicar sobreWeltruf - Revista e Mensagem do Editor

Herr Betz
Herr Wolfgang Betz, seu editor, tem acompanhado nossas postagens neste espaço e leu sobre o os dois últimos encontros da CAAL - Encontro das Comunidades de Língua Alemã na América Latina - Nova Petrópolis RS e Joinville SC respectivamente. O Editor entrou em contato conosco e nos convidou a escrever, em forma de artigo, a nossa palestra do XIII CAAL que aconteceu na cidade de Joinville. Escrevemos um pouco de nossa pesquisa sobre a Técnica Construtuva de Enxaimel. O Editor comentou nesta 2° edição, que entrou em contato com a organização de Joinville para obter mais informações sobre o encontro do CAAL e não obteve resposta dos organizadores.
Comentou também, sobre o próximo encontro do CAAL na cidade de Blumenau, no ano de 2016, e depois, em 2017 na cidade peruana de Oxapampa.




Anúncio sobre a publicação do artigo no próximo número




















Rio do Sul
Pastor Hugo Westphal
Escrevemos o artigo e tivemos o privilégio de ter nesta equipe, contribuindo com a sua tradução, o Pastor Hugo Westphal, grande intelectual da região do Vale do Itajaí, poliglota, pesquisador e também tradutor do idioma português para o alemão e do alemão para o português. Com muita segurança, a partir de sua tradução, encaminhamos nosso artigo, sobre Enxaimel a partir da palestra proferida no XIII CAAL com algumas imagens (Comunicamos também, através das imagens). 
Sr. Betz adiou a publicação dos artigo sobre Enxaimel para o próximo número da Weltruf e neste, fez o anúncio da matéria, por desejar publicá-la com o maior número de imagens que a publicação permitir após um comentário nosso sobre.
Recebemos a publicação da revista N° 2, via digital. A revista possui bons artigos contanto um pouco sobre as comunidades de língua alemã pelo mundo.

Um dos artigos da Weltruf N°2




































































































São 52 páginas de artigos sobre cultura, economia e história de alemães e seus descendentes que vivem longe da Alemanha.
Em breve postaremos aqui, mais sobre a distribuição da Weltruf N°1 à personalidades e instituições locais, que está em andamento. Recebemos alguns exemplares de  Herr Betz, com este objetivo.

Herzliche Grüße







sábado, 28 de novembro de 2015

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Arquiteto Vilmar Vidor


Partiu, as 10:00h do  dia 25 de Novembro - o Professor, Arquiteto, Mestre, Doutor Vilmar Vidor da Silva
Refletimos sobre fazer esta lembrança e homenagem pelos fortes laços de amizade que nos une (iu).
Faremos, para deixar o registro dos feitos de uma pessoa íntegra, profissional e que acreditava - ser possível fazer algo a mais para tornar o espaço melhor - independente de sua natureza. Espaço que tem ligação com o meio a partir do natural e construído
Foi nosso Professor de: Planejamento Urbano - em alguns semestres, Projeto Urbanístico, "chefe" no Estágio Supervisionado - no Curso de Arquitetura e Urbanismo, Orientador de Mestrado e amigo. 
Após a apresentação do Projeto Urbanístico - Trabalho final de Planejamento Urbano, com a  Professora Cristiane Mansur e os primeiros formandos do Curso de Arquitetura e Urbanismo da FURB (1994) - Curso que ajudou a fundar


Professor Vilmar estava na França e há aproximadamente duas semanas, retornou para a cidade de Blumenau, quando teve um mal súbito. Sendo submetido a um procedimento cardíaco, quando, posteriormente foi vítima de outras complicações, as quais não conseguiu superar.
Sua trajetória profissional e contribuição em nossa formação profissional - de maneira resumida será lembrada neste espaço, como um maneira de construir um registro histórico a partir de seu trabalho. 

Elaborado pela Professora Dra. Claudia Siebert
Prof. Vilmar Vidor da Silva (1948-2015)
Foto: Angelina Wittmann

Arquiteto e Urbanista, Pós-Doutor, Professor, Presidente do IPPUB, Escritor, Pesquisador, Fotógrafo, batalhador incansável do patrimônio histórico.

• 1948 - Nasceu em Porto Alegre-RS em 05 de Maio, filho de Delmar Ramos da Silva e Maria Irani Vidor da Silva. 

 1968 a 1973 - Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

1974 a 1979 – Atuou na Prefeitura de Blumenau, como Diretor do Departamento de Estudos e Projetos da Assessoria de Planejamento.

• 1978 - Lecionou no Curso de Engenharia Civil da FURB – Universidade Regional de Blumenau.

1978 a 1979 – Especialização em Administração do Planejamento Urbano na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

• 1979 – 1984 – Doutorado - Université Paris I – França - Analyse Regionale & Amenagement du Territoire. Tese: O processo de industrialização e de urbanização no nordeste de Santa Catarina. Ano de obtenção: 1984. Orientador: Michel Rochefort. Bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

• 1986 a 1987 – Chefe do Departamento de Construções da FURB – Universidade Regional de Blumenau.

• 1989 a 1990 – Coordenador do Curso de Especialização em Planejamento Urbano na FURB – Universidade Regional de Blumenau.

• 1990 a 1991 - Pós-Doutorado - Université Paris I - Pantheon Sorbonne, França, em Planejamento Urbano e Meio Ambiente, Arquitetura, Urbanismo e Meio Ambiente.

• Coordenador do Núcleo de Pesquisas em Planejamento Urbano, vinculado ao IPS - Instituto de Pesquisas Sociais da FURB.

• 1992 - Livro Adaptado Editado pela RBS: Patrimonio Historico e Arquitetonico de Blumenau - Edicao Videografica.

• 1992 - Presidente da Comissão para implantação do Curso de Arquitetura na Furb, com a primeira turma ingressante no ano de 1992.

• 1992 a 1997 - Professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo da FURB – Universidade Regional de Blumenau, nas disciplinas História da Cidade, Economia Urbana, Teoria História da Arte, Arquitetura e Urbanismo e Planejamento Territorial Urbano.

• 1993 a 1996 - Presidente do Instituto de Pesquisas e Planejamento Urbano de Blumenau – IPPUB – autarquia ligada à Prefeitura Municipal de Blumenau. Coordenou o projeto Patrimônio Arquitetônico de Blumenau, com apoio do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que levou ao tombamento e preservação de várias edificações históricas de Blumenau. O projeto consistia no cadastramento, por estagiários da FURB, das edificações históricas.

• 1995 - Escreveu o livro Industria e Urbanização no Nordeste de Santa Catarina a partir de sua Tese de Doutorado.
Uma das melhores publicações sobre o desenvolvimento e povoações lidas por nós abordando a região do Vale do Itajaí e regiões adjacentes. A cópia mostra um livro "acabado", pelo montante do manuseio e consultas em nossas pesquisas.
1995 – Curso Teoria, Pesquisa,Tecnologia de Proteção do Patrimônio Cultural. Carga horária: 120h, Deutsches Zentrum für Handwerk und Denkmalplege. 

• 1995 – Curso de Recuperação de Estruturas Históricas de Madeira. Carga horária: 40h, Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil. 

• 1996 – Curso Teoria e prática de Restauração em Estruturas Enxaimel. Carga horária: 80h, FURB - Universidade Regional de Blumenau. 

• 1998 – Aprovado em Concurso Público como Professor do Quadro do Magistério Superior da FURB – Universidade Regional de Blumenau.
1998 a 2003 – Professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Univali – Universidade do Vale do Itajaí, disciplinas Planejamento Estratégico para Regiões Turísticas e Planejamento Urbano.

• 2005 – 2008 - Parte do quadro docente da Pós Graduação Urbanismo, História e Arquitetura das Cidades – ligado ao Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina.

• 2003 – Secretário de Planejamento Urbano de Bombinhas.

• 2008 – 2010 – Pós-Doutorado na Universidade Paris X – Nanterre – França em Demografia de Sociedades Contemporâneas. 

• 2009 a 2011 – Aposentado, voltou a lecionar no Curso de Arquitetura e Urbanismo da FURB – Universidade Regional de Blumenau, nas disciplinas Planejamento Territorial Urbano e Projeto Urbanístico.

• Atualmente, desenvolvia pesquisa sobre "Villes Nouvelles", Cidades Novas na Universidade Paris VIII, Saint Denis-Vincennes - França. Fase de redação: O Processo de Favelização da População Brasileira.

• Fotógrafo de sensibilidade e técnica excepcional, tinha como tema preferencial arquitetura, paisagens, parques, árvores, e flores.

• 2015 - Faleceu, aos 67 anos, em 25 de Novembro, em Blumenau-SC.

Publicações:

VIDOR, V. . Brasil, país de favelas. Jornal de Santa Catarina, Blumenau, p. 2 - 2, 23 abr. 2008. 
VIDOR, V. . Circulação viária urbana. Jornal de Santa Catarina, Blumenau, p. 2 - 2, 17 fev. 2008. 
VIDOR, V. . PIB e retorno. Jornal de Santa catarina, Blumenau, p. 2 - 2, 15 maio 2005. 
VIDOR, V. . Arquitetura urbana em Blumenau. www.vitruvius.com.br, 2003 
VIDOR, V. . Arquitetura Enxaimel. www.planeta.terra.com.br, 2000. 
VIDOR, V. . Urbanização, metropolização e sustentabilidade. Anais da 5a. reunião especial da SBPC, São Paulo, p. 63-65, 1997. 
VIDOR, V. . Arquitetura, Cultura, Identidade Local. Revista de Divulgação Cultura , Blumenau, v. ano17, n.58, p. 47-50, 1995. 
VIDOR, V. . Industrialização e urbanização no nordeste de Santa Catarina. Blumenau: Editora Furb, 1995. 
VIDOR, V. . Investimento e desenvolvimento no Vale do Itajaí. Dynamis (Blumenau) , Blumenau, v. 2, n.8, p. 173-188, 1994. 
VIDOR, V. . O paradoxo do espaço brasileiro na construção da cidadania. Revista de Divulgação Cultural , Blumenau, v. ano 16, n.51, p. 19-22, 1993. 
VIDOR, V. . Análise crítica de "Capitalismo e urbanização na periferia, problemas de interpretação e análises referentes à América Latina". Revista de Divulgação Cultural(Editora da FURB), Blumenau, v. Ano 15, n.49, p. 22-32, 1992. 
VIDOR, V. . Planejamento Urbano no Brasil. Revista Dynamis (Editora da Furb), Blumenau, v. 1, n.1, p. 85-91, 1992. 
VIDOR, V. . Ecossistema: uma questão marginal. Revista de Divulgação Cultural , Blumenau, v. 33, p. 47-48, 1987. 
VIDOR, V. . Planejamento urbano, uma prática não exercida em Blumenau. Revista de Divulgação Cultural , Blumenau, v. 32, 1986. 
VIDOR, V. . O salário mínimo e a produtividade industrial na região nordeste de Santa Catarina. Anais da 2a. reunião regional da SBPC, São Paulo, p. 1346-1353, 1985. 
VIDOR, V. . O salário mínimo e a produtividade industrial na região nordeste de Santa Catarina. In: 2a. Reunião Regional da SBPC, maio 1985., 1985, Blumenau. Revista Ciência e Cultura. São Paulo: SBPC, 1985. 

Fontes:
Nossos Alunos -  Arquitetura e Urbanismo - FAMEG com 0 Professor Vilmar Vidor - palestrante convidado
Entrevista

Sua vida, opiniões, projetos, ideário em um registro documental publicado em entrevistas cedidas ao jornalista blumenauense, Sr. Altair Carlos Pimpão, em dois momentos distintos. Ambos filmados no mês de abril de 2012.

Seu comentário, após ter recebidos os link´s de nossa entrevista ao jornalista Sr. Altair Carlos Pimpão - via correspondência eletrônica - que aconteceu um pouco antes de sua entrevista. Envie-lhe os link´s - encontrava-se na Itália.
"Muito bom Angelina, fiquei emocionado. Que bom que o IPPUB foi lembrado. Como faz falta um IPPUB nesta cidade. Espero que o pessoal da Arquitetura Furb tenha gostado da publicidade a respeito de arquitetos e urbanistas. E que bom que construíssem a ferrovia do frango. Como o Brasil está atrasado !!!! Parabéns, ficou muito bom o programa. Foi tua historia de vida até aqui, com Roberto, filhos, etc. Se tu encontrares o Pimpão, tu dizes a ele, que mandei um forte abraço." - 08/11/2011   Vilmar Vidor
Comunicação que nos enviou via correspondência eletrônica - comentando sobre sua entrevista, em 10 de abril de 2012.
"Bom dia Angelina !...O Altair me pegou no mercado e me propôs de fazer um "mesa de bar". Cheguei ontem na emissora e ele disse que íamos para o cidadania ao vivo, levei um susto. Mas gostei do programa, falei muito do Ippub e das barbeiragens que a prefeitura e outros estão fazendo. Falamos que um futuro Ippub é importante pra cidade mas não pode ser um cabide de emprego como fez o Décio, tem que ser um órgão técnico autônomo e com orçamento senão não se pode fazer nada, etc..." - 10/04/2012 Vilmar Vidor
Sua entrevista...





Depoimentos sobre o Professor Vilmar:

"Fica aqui minha homenagem pra este grande homem, arquiteto e urbanista, professor excelente e acima de tudo um grande amigo: Vilmar Vidor. Ele tinha cara brava, assustava quem não o conhecia bem, era sério e ao mesmo tempo engraçado. Por trás da figura fechada um enorme coração! Obrigada por tudo Vilmar! Você fez parte da minha formação de arquiteta." Luciana Grebe Rosa
Acompanhou as Arquitetas Rita Lemos Ferretti, Luciana Grebe Rosa e Angelina Wittmann até a cidade de Porto alegre para o levantamento de um trabalho de campo - pesquisa mercado público. As arquitetas eram sócias, juntamente com o Professor Vilmar Vidor, que tornou-se sócio da Arkhétypos Arquitetura por motivo de força maior, amizade e confiança. Isto aconteceu por que as recém formadas arquitetas não receberam o diploma no dia de sua formatura e a carteira do CREA (Na  época). 
"Eis que a minha tarde ficou muito triste. 
Professor Vilmar Vidor, foi uma honra intangível receber meu diplona de bacharel em arquitetura e urbanismo das suas mãos. 
Guardarei com carinho todos os momentos em que dividimos a prancheta nis assessoramentos de planejamento urbano. As histórias sempre bem humoradas, principalmente a do principe da perna torta. 
Foi um grande mestre, um grande mentor. 
Sentirei falta das nossas conversas recentes na internet. Dos seus comentarios inteligentes e bem humoradas nas minhas fotos. 
Obrigada pir todas as dicas de viagem! Não consegui visita-lo em Paris como haviamos combinado. E o champagne em nosso escritorio com a Chris Maschio Romais, ficou nos devendo. Faremos isto em sua memória!
Obrigada mestre! 
Obrigada amigo! 
Por dividir seu saber!"  Caroline de Sá Greinert

"Um dos professores mais críticos e pensantes que tive!!!
Vai em paz!!!! Vai fazer muita falta!!!
Hoje perdemos um grande mestre! Vilmar Vidor vá em paz e que Deus conforte sua família e seus amigos!"Lizângela Pazinatto

"Repose en paix Vilmar Vidor mon grand ami d'exploration parisienne.
Tu es parti trop tôt ... Toutes mes condoléances à ta famille." 
Astrid Laurentin

"Durante 10 anos fui secretária do prof. Vilmar no Instituto de Pesquisas Sociais, na FURB. E agora, depois de 20 anos, entramos em contato, através do face. Compartilhamos muitas fotos de flores e paisagens. E o prof. sempre gentil em seus comentários. Valeu esses poucos meses de contato. Vou sentir saudades."  Marli Leutheuser Ferigotti

"Vilmar fut un ami virtuel pour commencer, mais en 2011 lors de son passage à Bordeaux nous avons eu la joie de l'avoir à notre table. Nous nous sommes revus deux fois par la suite,, à Paris et à Bordeaux, c'était un homme d'une grande gentillesse, poli, modeste, bref comme on n'en voit peu dans la société actuelle. J'ai beaucoup de peine et je présente toutes mes condoléances à sa familles et à ses amis. Et Vilmar bien que brésilien et patriote aimait la France comme si c'était sa seconde nation. Il fut un symbolle de l'amitié entre le Brésil et la France."  Jean Chevloc  

"Um grande mestre, que coordenou meu curso de Pós em Planejamento Urbano na FURB, em 89-90. Amava fotografia e fiz muitas viagens pelas cidades do mundo através de suas imagens, que ele mostrava e descrevia ambiental e urbanisticamente em suas aulas. Uma perda lastimável. Ultimamente era pesquisador na Université Paris 8, Vincennes, em Saint-Denis." Osmar Günther

"No período da faculdade era aquele professor rigoroso, extremamente inteligente, com grande domínio sobre urbanismo. Sempre piadista, nos arrancava risos nos assessoramentos: - O que é essa fofoca fofa? Referindo-se a algum detalhe do projeto; - Onde passa o fúnel? Referindo-se ao túnel. Não contava a sua idade. Dizia que não gostava de velhinhas no bolo...dentre tantas outras pérolas. Há alguns anos tornou-se mais meu amigo pois compartilhávamos o sonho de ter cidadania italiana e um dia sermos vizinhos na Italia. Fico muito feliz em ter lhe ajudado a conquistar este sonho e em maio deste ano o Vidor já estava com o passaporte italiano nas mãos." Mônica Tontini

"Reposes en Paix mon Ami." Agnés Deroussen

"O professor Vilmar foi associado da entidade, e no dia 06 de abril de 1991 ministrou um mini-curso, promovido pela Acaprena, intitulado "Arquitetura e Meio Ambiente".
A Acaprena expressa profundo pesar pelo acontecido e se solidariza com os amigos e familiares do professor Vilmar Vidor." 
ACAPRENA

"Ando me esforçando muito para entender que cada um tem seu tempo na terra, mas não posso ficar menos triste com o falecimento do querido professor Vilmar Vidor. Sentirei falta das suas belas imagens diárias, da sua visão crítica, do seu humor ácido. Lembro até hoje como assessorava nossos projetos, fazendo piadas, tendo paciência com nossa imaturidade e nos fazendo pensar, criticar e refletir. Lembro como se fosse hoje da fala sobre a beleza das flores das árvores caídas no chão, do urbanismo de verdade, da plasticidade das obras. Obrigada por seus ensinamentos e lições. Meu trabalho leva sempre o perfume e a inspiração desse grande professor e ser humano." Rafaela Dal Maso


Un ami qui part...j'avais plaisir a ses contactes photos et je l'avais rencontré ici a Strasbourg ....toutes mes condoléances a sa famille !!une image de la cathédrale qui aimé !! Bucher Christian
"Tu vas nous manquer ... les chemins de l'au delà sont beaux ... pensées pour toi et ta famille ..." Clotildade Menateau

"Meu amigo partiu. Partiu em terra brasileira - nesse Brasil que ele tanto amava e queria a todo custo ver melhor. 
Como homem ilustrado que foi, sabia a definição de democracia, liberdade, igualdade...
Pós doutorado em Sorbonne, simples de alma, sábio, amigo querido!
Que Deus te receba com um abraço, aí no Céu!
Vamos sentir muito sua falta aqui...." Fátima Fontes

"Além da óbvia dor pela perda, poderemos homenagear o prof. Vilmar pela relevante contribuição à FURB, à Prefeitura de Blumenau, pelo mérito acadêmico e pelo ser humano com quem tivemos o privilégio de conviver. Em paz!" Tulio Vidor

"Excelente profissional da arquitetura e urbanismo.
Professor, legou seus conhecimentos a inúmeros alunos.
Profundo conhecedor de Blumenau e seus problemas." 
Eduardo Luiz Olinger

"Eu deixo aqui registrada toda a admiração e gratidão pelos ensinamentos e momentos inesquecíveis convividos em sala de aula; e principalmente por se tornar um grande amigo na minha breve carreira como arquiteto e urbanista.
Assim como eu, muitos dos seus ex-alunos levarão consigo, em suas caminhadas, as lembranças e o legado que você plantou em cada urbanista; os quais tiveram o privilégio de assistir os seus ensinamentos!" Rodrigo Kirck
Registro e sensibilidade diante do silêncio de algumas instituições
públicas, não somente de Blumenau, mas de Santa Catarina,nas quais 
o Professor Vilmar deixou grande contribuição com foco nas cidades
"Obrigada Vidor. Só resta pedir ao time que foi pro andar de cima, que continue conosco de alguma forma e nos ajude a manter a esperança." Miriam Prochnow

"Grande grandíssima pessoa e professor. Muito obrigada por ter feito parte do meu caminho." Jedoa Rodrigues

"Hoje nosso grande mestre e paraninfo se juntou a Deus! Descanse em paz grande mestre Vilmar Vidor!"  Chris Maschio Romais
Foto Lizangela Pazinatto
Nosso depoimento...

Conhecemo-nos pessoalmente durante uma palestra promovida pela ACAPRENA - Associação de Preservação da Natureza - intitulada: Arquitetura Ecológica - Ano de 1991

Isto aconteceu em um tempo que a mídia não "mastigava" a palavra "Sustentabilidade" e nem, qualquer trabalho acadêmico exigia, por obrigação, o tal conceito sem o menor lastro, com o risco deste ser reprovado caso não o fizesse.
A "Sustentabilidade" estava na consciência, naturalmente de algumas pessoas, como a do Professor Vilmar Vidor. Tinha acabado de chegar da França e fazia parte da equipe de estruturação do Curso de Arquitetura e Urbanismo da FURB, fato que chamou nossa atenção - quando soubemos - via mídia local. Arquitetura é a profissão que nasceu conosco e até aquele momento, imaginávamos que não teríamos oportunidade de tornarmo-nos arquiteta.
Neste momento éramos dona de casa com 29 anos de idade e dois filhos pequenos. Após a palestra, encontramos o Professor Vilmar no supermercado do bairro e, ao cumprimentá-lo, dissemos-lhe que sempre desejamos cursar arquitetura, mas fomos sendo conduzidos por outros caminhos. Perguntamos a ele, o que achava da possibilidade de fazermos o curso, contando com as tarefas domésticas e o cuidado com os dois pequenos. De maneira muito séria, ele respondeu: "Se tem vontade, faz...uéh!" 

Assim iniciou nossa jornada profissional e de amizade - de 1991 até esta data. 
Não precisamos repetir sua postura e metodologia em sala de aula: provocativa, ácida, real, crítica ao mostrar a realidade dos espaços nos quais interagimos a partir de várias ações - em estudos de casos
Mostrou-nos igualmente, a importância da continuidade histórica no espaço e de como esta interfere no psicológico e no psiquê coletivo das pessoas. Do espaço bem usado planejadocom respeito a integridade do meio. De como devemos "ler as forças invisíveis"  comandadas por grupos desprovidos do foco voltado para a cidade dentro da mesma. A necessidade do Planejamento...  (...) 
Tudo pontuado, pautado em leituras, biografias e análises lógicas, com foco no homem - a partir de sua integridade, física, moral, psicológica e no espaço, no qual efetua suas relações.  De acordo com uma funcionária aposentada da Biblioteca da FURB - Sra. Nessi Cristelli, foi o primeiro professor do novo curso da instituição - a entregar a lista da bibliografia para providenciar os livros para o curso de Arquitetura e Urbanismo.
Em 14 de Junho de 1993, sob a Portaria N° 2.024 assume a presidência do recém criado IPPUBInstituto de Pesquisa e Planejamento de Blumenau (maio de 1993).

Enquanto presidente do  IPPUB, muitas vezes ficou doente, internado em Hospital, mas não "jogava a toalha" mediante questões do Planejamento Urbano e mantinha suas convicções. Nós? Aprendíamos a partir da suas práticas, teorias e ações.
























Cursamos e fizemos parte da primeira turma de Arquitetura e Urbanismo da FURB. Tivemos a oportunidade de ser sua aluna em algumas disciplinas. A disciplina que mais nos marcou foi o Projeto Urbanístico - projeto de encerramento do curso, que envolve a área de Urbanismo. No decorrer deste trabalho, outro professor e seu colega na disciplina partiu - o Professor Sérgio Meirelles. Na apresentação do trabalho falamos sobre a morte e ele supos que do "outro lado" as pessoas poderiam estar vendo e ouvindo o que dizemos. Foi um momento especial em nossa formação profissional. 
Projeto Urbanístico - orientado pelo Professor Vilmar Vidor

Projeto Urbanístico orientado pelo Professor Vilmar Vidor
Convite para a posse de novos Conselheiros na época que trabalhava no IPPUB
Depois passamos pela experiência prática no Urbanismo - como estagiária em um órgão público - IPPUB - sob sua orientação e também pela experiência de participar, como conselheira, de alguns Conselhos Municipais como o do Patrimônio Histórico e do Planejamento Urbano. Dentro destes Conselhos, debatíamos questões práticas sobre o preservacionismo nas paisagens históricas da cidade a partir de seus monumentos históricos arquitetônicos e o planejamento do uso e a ocupação do solo, com direito a todas as polêmicas que envolviam, e ainda envolvem, as várias questões debatidas.
Inscrição do Estágio Supervisionado








Contrato FURB -Estágio Supervisionado -1

Contrato FURB -Estágio Supervisionado - 2
O Professor Sérgio - anteriormente mencionado - 
Coordenador de Estágio Supervisionado
A "tecla" sobre a importância e valorização da paisagem a partir de seus
elementos ordenados a partir de um planejamento e da sequência
 histórica presente na mesma - Embates e debates

"Luta insana" contra o mercado imobiliário voraz.
Métodos de educação, conscientização sobre o urbanismo sem muitos ecos.
 Haviam momentos de muita frustração e tensão. O Professor Vilmar mantinha-se firme em suas convicções e muitas vezes foi hostilizado por grupos, pessoas e em alguns momentos, até mesmo por colegas, que não atingiam a amplitude de seu raciocínio, perfeitamente claro. Coordenava a equipe interdisciplinar do IPPUB como um Urbanista "livre".
No decorrer do Curso de Arquitetura e Urbanismo participamos de alguns Seminários e Cursos organizados, coordenados pelo Professor Vilmar Vidor. Um deles foi o evento na cidade de Blumenau. O curso de restauro de estrutura enxaumel ministrado por um dos maiores nomes da pesquisa do Fachwerk - Enxaimel, na Alemanha - Sr. Manfred Gerner. Participamos e filmamos o que pudemos. Recebemos uma publicação do Sr. Gerner de presente, via mãos do Professora qual guardamos com muito carinho.

Curso de restauro de Enxaimel da Casa Franz - Vila Itoupava - Professor Vilmar na escada

Registro fotográfico que gostava muito - Fez esta revelação e nos ofertou com a dedicatória abaixo


Sr. Manfred Gerner, com o então Cônsul Honorário da Alemanha - Sr. Hans Prayon, Reitor da Furb e o Arquiteto  representante da Fundação Cultural de SC - Sr. Pedro Ernesto Bühler




No dia da formatura, dia 15 de fevereiro de 1997 - um cartão com a imagem de um croqui de uma madona e uma criança feito por Michelangelo. 
Sua mensagem: "O arquiteto é o homem que sabe como abrigar seu próximo."  15/02/1997















Cartão que nos enviou no dia de nossa formatura de 
Arquitetura e Urbanismo
.




Após a colação de grau, descobrimos que legalmente não podíamos atuar como arquitetas, porque a FURB não tinha encaminhado, em tempo hábil, a documentação necessária para que pudéssemos ser consideradas arquitetas - primeira turma de formandos. Nesta época tomávamos providências para abrir o escritório de arquitetura Arkhétypos Arquitetura - éramos três formandas. Comentamos com ele, lamentando o caso e a situação involuntária. Imediatamente, de maneira muito bem humorada, ele disse: "Como não podem abrir o escritório? - E o quarto sócio?" E assim nós e nossas amigas tivemos o ilustre sócio, nosso mestre pelo tempo de um ano, até o momento que recebemos a carteira profissional e pudéssemos então, sermos responsáveis técnicas de nossos projetos. Confiança.
Sem pedir nada em troca. Nosso eterno agradecimento, querido amigo.
Arquitetas recém formadas mas sem o cartão profissional
Professor Vilmar foi sócio do Escritório de Arquitetura
e o responsável técnico durante o período de um ano
Pesquisa de Campo - Porto Alegre - 1998
























Pesquisa de Campo - Porto Alegre - 1998


Também acompanhou nossa meta em tentar conseguir a melhor média do Centro Tecnológicodurante o curso de Arquitetura e Urbanismo, com a intensão de ingressarmos em um Mestrado com bolsa de estudos. Com os dois pequenos, atividades da casa, estágio e faculdade, ele acompanhava. Fizemos uma média final de 9, 19 e com isto tínhamos certeza do mestrado com uma bolsa de estudos - do Centro Tecnológico. Um pouco antes da formatura nos comunicaram uma "historinha", que depois, checamos e não procedia. Nossa bolsa de estudos foi desviada para um filho de político da cidade - formando do curso de engenharia civil, que graduou com a média final de 8,68. 
Posteriormente fizemos algumas tentativas para ingressar em um mestrado gratuito e de qualidade. Buscamos um curso dentro de nossa área de formação - UFSC, com o apoio do Professor Vilmar.



Professor Vilmar Vidor - Em nosso escritório em 23 de novembro de 2004
Nosso professor, acompanhava de longe as tentativas frustradas, mas sempre presente quando necessitava de seu atestado sobre o nosso desempenho acadêmico. Em 2004, ele nos informou que estava abrindo um curso novo de mestrado na arquitetura da UFSC - Urbanismo, História e Arquitetura das Cidades. É o curso que escolheríamos no meio de muitos, se nos permitissem escolher. Caso fossemos aprovados também seríamos da primeira turma. Assim, de fato aconteceu. 
Primeira Turma de Mestrado : Urbanismo, História e Arquitetura das Cidades
Com os professores: Flávio Villaça, Lino Peres e Maria Inês Sugai - 2005
Naturalmente, o Professor Vilmar Vidor foi nosso orientador e com sua apresentação fomos aceitos no curso. Ele nunca interrompeu suas pesquisas na França (Atualmente - Dava prosseguimento ao projeto cujo tema era habitações populares) e durante o curso de mestrado muitas vezes nos assessorava diretamente de lá, via comunicação eletrônica. 
Página de trabalho orientado pelo Professor Vilmar.
 Ensinando também - escrever o Português -"Sujeito, verbo, objeto,
 complemento - 'Eu vim, com as calças na mão, para trabalhar'".
Momento da Qualificação - Banca - A menina da foto é um dos pequenos - neste momento cursava Arquitetura e Urbanismo na UFSC - Isabel Wittmann



Professor Vilmar Vidor


Qualificação  - Após a apresentação - o Professor Vilmar Vidor com os professores convidados - participantes da Banca

O Professor Vilmar cobrou, criticou, mexeu com os brios, instigou e quando se deparou com a possibilidade de nós não apresentarmos imediatamente após os dois bolsistas desta turma de Mestrado  - UFSC, da França, escreveu por intermédio de uma correspondência eletrônicaque estava profundamente decepcionado conosco. Isto machucou. 
Mas ele conhecia os seus. Nunca trabalhamos tanto como naquela época, após este episódio. Fizemos a primeira Defesa de Dissertação, após a defesa dos bolsistas do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade. 
A defesa aconteceu 7 dias após o 11° aniversário da colação que
 aconteceu no dia 15 de fevereiro de 1997










Após a defesa -  com o Professor Vilmar Vidor e  professores convidados - participantes da Banca
Após a defesa - com o Professor Vilmar Vidor e professores convidados - participantes da Banca e mais o Co Orientador - Professor Nelson Popini
Co Orientador e Orientador - Professor Vilmar Vidor - analisava o livro com o qual o presenteara





























































Nossa dissertação  foi publicado com o título A Ferrovia no Vale do Itajaí - Estrada de Ferro Santa Catarina. Ele ficou muito feliz e externou isto em um momento do evento do lançamento do livro, no dia 30 de abril de  2010.



Lançamento do Livro - A Ferrovia do Vale do Itajaí - Estrada de Ferro Santa Catarina
Com os amigos Guido Heuer, Sônia Heuer, Luciana Grebe Rosa



Em 2011, fez questão de revelar uma de suas fotografias de rosas, emoldurar e colocar em nosso novo ambiente de trabalho - recém montado escritório de Arquitetura. Registramos o momento da fixação de sua obra, a qual fez questão de fixar pessoalmente.







O último trabalho que fizemos juntos foi em sala de aula, durante um de seus intervalos no Brasil. Aceitou nosso convite, em preparar e palestrar para nossos alunos do 5° Semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo da FAMEG - e falou sobre as Cidades Novas -"Villes Nouvelles" - França. Durante esta noite do dia  29 de maio de 2014 - dia de sua palestra -  o tempo parou em nossa aula de Planejamento Urbano. Ouvimos atentamente e o assunto rendeu assunto para as aulas seguintes.

Registramos esta palestra e disponibilizamos no link - Clicar sobre:  "Villes Nouvelles" - França






Professor Vilmar Vidor

Professor Vilmar Vidor























O que nos resta neste momento é agradecer e confirmar que somos frutos de sua "semeadura"- em processo. A busca  continua, sempre. Ele continua vivendo em todos os seus alunos  e nos alunos de seus alunos. Presente em suas fotos que refletem o que seus olhos percebiam ou, buscava através de sua carreira exemplar.



Minha gratidão, Mestre.














Link´s
Despedidas

O velório aconteceu no Jardim da Saudade - Blumenau SC -  das 21:30h. do dia 25 até a 1:00h do dia 26, quando seu corpo foi transladado para sua cidade natal - Porto Alegre - RS, onde foi sepultado no Cemitério João XXIII.

Missa de 7° dia da passagem do Professor Vilmar Vidor - Igreja de Santo Antônio - Bairro Partenon - Porto Alegre - Dia 02 de Dezembro - 19:00h.












Espaço para algumas de suas fotografias - Comunicam
(Para olhar as fotos - uma sugestão - acionar o vídio acima - 9° Sinfonia)




































"Pela   beleza  do  mundo !!"

















S e g u e    e m    P a z !













----------------------------------
Um mês depois...




Clicar sobre: Jornal Sinsepes - Expressão FURB